180 famílias de Espigão Azul/Colônia Melissa são beneficiadas com calçamento poliédrico

“Ficou muito melhor para o escoamento da safra, que é feito o ano inteiro, durante o dia e à noite, com transporte de leite, de frango e também das crianças para a escola, além de melhorar a vida de todos que precisam ir e vir da comunidade para a cidade e vice-versa. A vida aqui ficou muito mais fácil”, avaliou hoje (19) o presidente da Associação de Moradores de Espigão Azul, Ênio Ribeiro, ao se referir ao trecho de 6.027 metros de adequação e calçamento poliédrico implantado na Estrada Espigão Azul x Colônia Melissa.

Os mais de 6 quilômetros que agora contam com leito levantamento e adequado e pavimentação com pedra irregular, deixaram para traz um tempo que alternava barro, poeira e dificuldades de deslocamento, além de encurtar distâncias e economizar tempo, como comentou o presidente da Associação de Moradores de Colônia Melissa, Neri Paetzold. “Agora a gente consegue economizar até 15 minutos no trajeto. Além disso, interligamos a 180 e a 486, que era um sonho antigo da comunidade, facilitando também o escoamento da safra”.

Uma obra que o prefeito Leonardo Paranhos disse sentir “orgulho e emoção de entregar, pois quando passamos aqui durante a campanha, o que mais as comunidades nos pediam era estrada adequada para o escoamento da safra, para o transporte escolar e para garantir o direito de ir e vir com dignidade. E eu não quero passar pela prefeitura e ser taxado como um gestor que não fez pelo interior, por isso as comunidades estão entre nossas principais prioridades”, reafirmou Paranhos, que ao lado do secretário de Agricultura, Nei Hamilton Haveroth, e de vários vereadores, de representantes da Itaipu, ouviu os moradores e entregou o primeiro trecho de calçamento poliédrico do convênio.

O investimento em Espigão Azul/Melissa chegou a R$ 1.243.068,75, com R$ 633.558,24 de repasse da Itaipu Binacional e a contrapartida de R$ 609.510,51 do Município. A obra foi executada pela Construtora Pontes & Silvestro Terraplanagem e Construção Ltda e agora, os moradores estão se unindo num comitê para cuidar da estrada.

“Notamos algumas pedras soltas e algumas situações que queremos evitar no terraço e nos bigodes para que a estrada fique em condições permanentes de trafegabilidade”, disse Ênio Ribeiro. “Demoramos muito para ter esta melhoria. Agora queremos manter por um muito tempo assim, até conquistarmos a massa asfáltica, para que fique 100%”. Medida que o prefeito não só apoia, como incentiva: “A manutenção aqui, e nos demais trechos, será de responsabilidade de todos nós, cada um fazendo a sua parte, para que tenhamos uma estrada conservada por muito tempo”.

Convênio com Itaipu

As obras em Espigão Azul fazem parte do convênio de R$ 26.619.297,10 firmado entre o Município de Cascavel com a Itaipu Binacional, por meio do qual estão sendo executados diversos trechos de estradas com adequação e cascalhamento, calçamento poliédrico, adequação e pavimentação asfáltica e ainda obras complementares da Rota de Cicloturismo no Município. Desse convênio, 52 km estão em execução/executados, totalizando 8,3 milhões. Em licitação estão mais 14 trechos de adequação e cascalhamento, totalizando R$ 2,1 milhões e 8 trechos de asfalto, no valor de R$ 9,9 milhões.

Capital da produção

Considerada a “Capital da Produção, Cascavel possui uma malha viária de estradas rurais de 3.435,36 quilômetros e, para garantir a trafegabilidade, o escoamento da produção agropecuária o ano todo, precisa investir em obras de recuperação, adequação e de pavimentação também no interior, visando à melhoria da qualidade de vida da população que vive no meio rural.

Com esses investimentos, disse o secretário Nei Haveroth, “esperamos melhor atender às demandas do setor agropecuário e da sociedade no Município, agilizando serviços, otimizando custos, promovendo o desenvolvimento rural sustentável, visando à ampliação da produtividade, com a geração de emprego,  renda, divisas e o acesso da população rural aos bens e serviços públicos”.

(SECOM)

Avatar

Luiz Carlos da Cruz

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.