Ratinho Junior anuncia novas medidas restritivas de enfrentamento ao novo coronavírus

Diante do aumento dos casos de coronavírus no Estado do Paraná, o governador Ratinho Junior anunciou, em um pronunciamento que realiza neste momento, o início da adoção de quarentena no Estado. Segundo ele, o Estado estava com medidas restritivas, e ainda não uma quarentena, algo que passa a ser adotado no Paraná. O anúncio veio no dia em que houve um recorde de mortes e casos registrados no Paraná, com mais de 1,5 mil novos contaminados (e 36 mortes confirmados nas últimas 24 horas. Porém, como ele revelou, ainda não é o caso de um Lockdown – ou seja, o fechamento total, quando são permitidos apenas serviços essenciais. “Precisamos fazer com que a curva perca velocidade”, afirmou o governador.

Segundo explicou o governador, essa situação de quarentena será implantada em regionais onde o número de contaminações e óbitos está acima da média. O Secretário de Estado de Saúde, Beto Preto, afirmou que o índice de isolamento no Estado é de apenas 36%, valor abaixo dos 50%, considerado o mínimo ideal. Conforme ele explica, neste mês de junho, houve uma explosão de casos – a previsão é de que o Estado chegue no dia 5 de julho com cerca de 30 mil casos confirmados.

Dos 36 óbitos registrados nesta terça-feira, um é da região dos Campos Gerais, do município de Arapoti.

Mais informações e maiores detalhes em breve

Foto: Divulgação
(ARede)

Ana Luiza Bonatto da Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Próxima Notícia

Quadra esportiva é entregue a moradores do bairro Santos Dumont

ter jun 30 , 2020
O espaço esportivo ainda não está liberado para uso, por conta da pandemia do coronavírus “Estamos entregando esta quadra para que a comunidade possa usar logo mais. Esta dificuldade (pandemia do coronavírus) vai passar e nós precisamos ter muita infra estrutura para que possamos abrigar o retorno dos nosso esportistas […]