Brasil libera entrada de turistas estrangeiros por via aérea

Pela primeira vez, governo exige seguro-saúde de estrangeiros para visitar o País, aponta especialista. Vias marítimas e terrestres continuam com restrições

 

A Portaria assinada em conjunto pelos Ministérios da Casa Civil, Infraestrutura, Justiça e Segurança Pública e Saúde e publicada em seção extra do Diário Oficial da União na noite desta quarta-feira (29/07) libera a entrada de turistas estrangeiros por via aérea. Na portaria anterior, apenas viagens de negócios estavam autorizadas.

A nova portaria tira a obrigatoriedade do teste de Covid, mas cria a exigência do seguro-saúde para a entrada. “Essa é uma forma de se precaver contra a lotação do sistema público de saúde, mas seria interessante manter o exame ou algum outro tipo de controle sanitário na entrada”, afirma a diretora da Abemmi (Associação de Especialistas em Migração e Mobilidade Internacional) e sócia da Fragomen, maior e mais antiga empresa de migração do mundo. Diana lembra que é a primeira vez que o Brasil obriga a contratação de seguro-saúde para turistas estrangeiros.

Na portaria de trinta dias atrás, apenas aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília estavam liberados para vôos com visitantes estrangeiros. Agora, quase todos os estados podem receber turistas, com exceção da Paraíba, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Rio Grande do Sul e Tocantins.

Em relação às vias marítimas e terrestres, os estrangeiros podem entrar para atividades de negócios e trabalho, mas as viagens turísticas continuam proibidas.

Foto: Reprodução/Agência Brasil

Informações Avocar

Ana Luiza Bonatto da Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Próxima Notícia

Paraná é destaque em destinação correta de embalagens de defensivos

qui jul 30 , 2020
6 mil toneladas foram recolhidas no ano passado e encaminhadas a 12 centrais e 58 postos de recebimento de embalagem. É o segundo estado que mais recolhe. Ação é do projeto Campo Limpo.